Pular para o conteúdo principal

Entrevista com a ginasta Simone Luiz

Quando temos interesse em praticar algum esporte que é famoso e bem criativo, procuramos formas de aprender, a melhor forma é saber o procedimento ideal. Dessa forma a ginasta Simone Luiz que é Árbitra Estadual, Atleta, Professora de Educação Física, Personal Trainer e campeã Pan-Americana vai explicar rapidinho 5 dicas de como ingressar na Ginástica Rítmica.

Resultado de imagem para simone Luiz
Foto: Reprodução



1.Qual a idade ideal para ingressar na GR?
A partir dos 5 anos, lembrando que a ginástica rítmica é uma modalidade que engloba muitas capacidades físicas e dentre elas a flexibilidade, por tanto quanto antes ingressar no esporte mais facilidade para adquiri-las. Eu iniciei na prática esportiva aos 7 anos.
2. Quais benefícios que a pratica da GR traz para o desenvolvimento pessoal das meninas? 
Como citado a cima, a ginástica rítmica é um esporte muito complexo que engloba muitas capacidades físicas e cognitivas. Com isso a criança se desenvolve como um todo, além de aprimorar a parte física valorizamos muito a disciplina, pontualidade, respeito, entre outros princípios.
3. Que investimentos é preciso para praticar o esporte?
As meninas iniciantes primeiramente terão que providenciar uniforme, collant e um par de sapatilha (específicas da GR). Posteriormente, os aparelhos específicos de habilidades como Corda, Bola, Maças, Arco e Fita.
4. Quais são as qualidades necessárias para desenvolver uma carreira na GR?
Para a prática da GR em alto nível é necessário um conjunto de requisitos, dentre eles: força física, coordenação motora, flexibilidade, agilidade, disciplina, amor ao esporte e, principalmente, força de vontade, pois a jornada de treinos de uma atleta de alto rendimento é extensa e exaustiva.
5. Como faço para matricular minha filha na GR?
Entrar em contato com qualquer professora da Escola de Campeãs, ou pelos telefones: (27) 98103-8004 (Luciane) ou 99937-2821 (Gilma)
Resultado de imagem para simone Luiz
Foto: Paulo Torres

Fonte: https://alternativoeducation.wordpress.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tendência: Collants tipo Body

Uma tendência que foi estréia na ginástica rítmica e nos últimos anos voltou com tudo, foi os collants tipo Body, que é um leotard sem saia. A vantagem deste tipo de vestimenta dá mais liberdade e conforto durante a competição sem incomodar ou preocupar-se com os caimentos, até mesmo a limitação das pernas como se usasse um tipo macacão.


Tendências: Collants felinos de ginástica rítmica

A tendência de ilustração nos collants de ginástica rítmica vem ganhando muita força nos últimos anos, com a ilustração é possível perceber que a série tenta ser mais selvagem ao mesmo tempo que delicada e mostra para o público uma performance mais descontraída e divertida.

Resultados da Competição Europeu de Minsk 2018

Este fim de semana foi marcado pela competição Europeu de Ginástica Rítmica em Minsk na Bielorrússia ou Belarus. Tivemos muitas emoções nessa competição. Segue abaixo as principais notas das ginastas e países participantes: