Pular para o conteúdo principal

Personalidade: Irina Viner

Irina Viner é uma das mulheres mais influentes do esporte mundial, casada com o maior multibilionário da Rússia e seu patrimônio somado em média de 14,4 bilhões de euros, os dois são de Uzbequistão. Irina já treinou ginastas como Kanaeva, Dmitrieva, Kapranova e vários conjuntos participantes de olimpíadas russa como Sidney (2000), Atenas(2004), Pequim(2008), Londres(2012) e Rio de janeiro (2016) e também atletas da Grã-Bretanha antes da Rússia.


Irina é uma referência em criatividade e dinamismo apesar de ter um aspecto de pessoa bem mau humorada, Irina é capaz de lapidar qualquer ginasta que passa em suas mãos, isso é visto através das maestrias e dificuldades técnicas, que suas aprendizes executam durante as competições que participam.


Irina tem 67 anos, com a sua beleza incrivelmente espetacular ela prova que idade não significa invalidez, muito estilosa e bem vestida Irina aparece com looks bem peculiares e assim tende a transmitir um ar de elegância e sofisticação de suas peças e jóias usadas em eventos e competições.


Viner recebeu o título mais honroso que uma mulher poderia receber na Rússia a de referência mundial de treinadora em ginástica rítmica. Assim o mundo inteiro se dobrou para ela de uma forma que todos se espelham na sua forma de trabalho e desempenho de uma ginasta.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tendência: Collants tipo Body

Uma tendência que foi estréia na ginástica rítmica e nos últimos anos voltou com tudo, foi os collants tipo Body, que é um leotard sem saia. A vantagem deste tipo de vestimenta dá mais liberdade e conforto durante a competição sem incomodar ou preocupar-se com os caimentos, até mesmo a limitação das pernas como se usasse um tipo macacão.


Links do mundial de GR em Sófia 2018

Este ano foi um espetáculo no mundial de ginástica rítmica, principalmente para a categoria individual quanto para o conjunto. Muitas ginastas possuem um crescimento muito grande a Rússia, Israel, Ucrânia e Belarus foram grande destaque no individual quanto a Bulgária, Rússia e Itália nos conjuntos.

Segue abaixo os links para assistir as competições e se deliciarem com as novidades da ginástica rítmica:
Grupo A:

Grupo B:


Conjuntos: 


Ayrton Senna e a Ginástica Rítmica

Este ano completa 25 anos da morte do ilustríssimo corredor brasileiro Ayrton Senna, infelizmente o Brasil chorou e parou com a morte de uma pessoa incrível que ele era a ponto de causar uma paralização do Brasil com a sua história de vida.